Arquivo mensal: outubro 2016

Reflexão – Artigo de João Rosa

joao-rosa-original0010

João Rosa, Vice-Presidente da Fetcesp

Não podemos nos manter indiferentes quanto à perda da legitimidade do legislativo e do judiciário brasileiros.
No momento de votar devemos estar imbuídos do mais alto espírito cívico!
Diante da URNA não podemos ter atitude pequena, mas assumir a responsabilidade de cidadão cônscio da prática de um ato em favor do destino da nação.
Aí está a votação recebida pelo senhor Francisco Everaldo Oliveira e Silva, o Tiririca, segundo deputado mais votado da história. Ninguém quer negar-lhe o direito como cidadão brasileiro.
O erro está na irresponsabilidade daqueles que lhe deram o seu voto, cuja causa está, também, no sistema político brasileiro, o presidencialismo de coalizão.
Essa expressão foi criada em 1988, pelo cientista político Sérgio Abranches, designando o relacionamento entre legislativo e executivo brasileiro cujo sistema eleitoral proporcional ao número de partidos criados está a exigir da previdência grande capacidade de articulação para bem governar. Porém, o que se nota na verdade é uma troca de favores da parte do governo para obtenção do apoio parlamentar.
Todavia, observa-se que coalizão acontece em muitos outros países parlamentaristas e presidencialistas. Portanto, ocorre em todo lugar do mundo.
Porém, mudanças, mesmo pequenas, devem ser feitas no aperfeiçoamento do sistema político brasileiro não no calor da luta, intempestivamente, mas na calma, no diálogo franco, aberto, tanto na parte dos políticos, da sociedade e da imprensa.
Os fatos estão a exigir da classe política: comportamentos éticos; instituições melhores; uma sociedade de cidadãos melhores, conscientes, participativospara superar essa contingência política, econômica, institucional e de representatividade. A reforma política decantada a muitos anos porém nunca concretizada.
O Poder Judiciário tem, nesta conjuntura, um papel proeminente diante de um Executivo com problemas de toda ordem e um Legislativo desacreditado. O Judiciário aparece como o grande poder do século XXI, apesar de dúvidas e incertezas que esse desequilíbrio possa trazer para a democracia brasileira.
Unidos em favor do bem comum, construindo uma NAÇÃO e formando um povo na austeridade, na transparência, na honestidade para que cada um conquiste os seus direitos no cumprimento dos seus deveres.
A Ordem Social, a conquistaremos com a tolerância para com os diferentes sem submissão, mas com a verdade. “Sejamos escravos da verdade e seremos realmente livres”.
O movimento circulista está inserido neste contexto pelos seus objetivos e finalidades.
Que cada dirigente tenha a sua participação política, tenha posições diferentes, as quais respeitamos e devem ser ouvidas com serenidade. Temos afirmado que o exercício de uma vida circulista passa pelo respeito, pela escuta e pelo acolhimento do diferente.
Observa-se que em nosso meio existem opiniões formadas e cada um acredita no que faz e julga ser a verdade.. Porém, as verdades são muitas!
Se soubermos ouvir respeitosamente as opiniões dos outros e ter participação ativa, sairemos mais enriquecidos para o diálogo, canalizados para o bem comum.
A prática da reciprocidade deve ser a nossa preocupação, o nosso exemplo!
A nossa indisposição de amar-nos como irmãos não nos permite realizar plenamente o nosso desiderato. É na UNIDADE que encontraremos forças para a realização dos nossos objetivos. Cristo nos diz: “Que todos sejam um para que o mundo creia”.
A bondade, a ação, a solidariedade são virtudes que o cego vê e o surdo escuta!
O companheirismo no circulismo deve ser um sentimento Divino.

Círculo de Vila Prudente

montagem-zadra-no-crematorio0013

Responsáveis pelo Serviço Funerário estiverem em Vila Prudente

Por iniciativa da direção do Círculo de Trabalhadores Cristãos de Vila Prudente, a Prefeitura de São Paulo estuda projeto de unificação das áreas ociosas do Crematório Jayme Augusto Lopes com as do Parque Lydia Natalizio Diogo anexo. A proposta estudada pelo CTCVP teve o acompanhamento da vereadora Juliana Cardoso e do ex-deputado Adriano Diogo, um dos responsáveis pela implantação do Parque quando ocupou a Secretaria do Verde e Meio Ambiente.

Em época eleitoral, principalmente as de caráter municipal e estadual, o CTC de Vila Prudente recebe candidatos ao Legislativo e Executivo. Para o pleito de outubro próximo,já passaram pelo CTCVP os candidatos a prefeito João Doria Jr. (PSDB), Marta Suplicy (PMDB), Fernando Haddad (PT) e Ricardo Young (Rede). Nestas ocasiões, o candidato expõe seu programa de governo e anota as reivindicações da região feitas pela direção da entidade e pessoas da comunidade. Esta atividade político-comunitária do CTCVP já trouxe ao bairro muitas melhorias.

img_37120007

Visita do Prefeito Fernando Haddad ao Círculo de Vila Prudente

img_14050006

João Dória Júnior conversa com o presidente Newton Zadra

img_43140008

Ricardo Young também visitou o Círculo de Vila Prudente

 

Círculo Operário Vila Tibério – Ribeirão Preto

tiberio-10016

Oficina de dança da Terceira Idade

Se o redator fosse descrever todos os serviços prestados pelo Círculo Operário Vila Tibério aos associados e à comunidade em geral, o espaço deste boletim seria pouco. O mais interessante é que o COVT está em absoluta consonância com as propostas da Fetcesp e, com isso, recebe um grande contingente de usuários, em especial de pessoas da Terceira Idade.

Além de prestar uma infinidade de serviços aos idosos, o COVT transformou-se em legítimo representante da comunidade, discutindo suas necessidades e propondo melhorias. Cumprimentos efusivos à diretoria da entidade, mormente à presidente Zoraide Lopes Ramose seu vice-presidente Luiz Carlos Peruchi.

Em palestra no COVT, a estudante de Terapia Ocupacional da USP-RP, Priscila Galo Farnochi, explicou a importância da dança para a terceira idade. Esta oficina está sendo realizada em parceria com profissionais da Terapia Ocupacional da USP-SP, oferecendo à comunidade um espaço de convivência e ampliação das relações interpessoais, assim como promoção da saúde do usuário, criando espaços de lazer e cultura. A oficina de Dança para a Terceira Idade é oferecida gratuitamente todas as quintas-feiras, das 8h às 9h30.

No dia 2 de maio, esteve presente no COVT Márcio Adriano de Carvalho, administrador em gestão pública, que discorreu sobre o tema “Estatuto do Idoso”. O Estatuto do Idoso é destinado a regular os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. A Lei nº 10.741 de 1º de outubro de 2003, que institui o Estatuto do Idoso, dispõe sobre o papel da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público de assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária. “Para saber mais, sugeriu Márcio, consultem a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da Repúblicahttp://www.sdh.gov.br/assuntos/pessoa-idosa/legislacao/estatuto-do-idoso

vila-tiberio0017

CTC de Rio Claro

dentista0003Presidido por Carlos Hummel, o Círculo de Trabalhadores Cristãos de Rio Claro está com consultório odontológico próprio, inaugurado em abril de 2016. A odontóloga Dra. Adriana Arbex dá expediente de 20 horas semanais.  Os associados do CTCRC podem desfrutar de tratamentos básicos gratuitos como restauração, extração, profilaxia, aplicação de flúor e, também, alguns tipos de próteses, pagando apenas o valor de custo.

Santa Cruz das Palmeiras

img_05430004

Doces e roupas são produzidos para angarias fundos

img_05500005Por reiteradas vezes temos dito neste espaço que o Círculo de Santa Cruz das Palmeiras é um exemplo a todos filiados de São Paulo e, quiçá, do Brasil. Instalada em pequena, mas acolhedora sede, a entidade tem uma diretoria e um corpo de voluntários de altíssima qualidade. Presidido por Amália Maria Marin, e tendo como secretária Maria Inês Colombo Lobo, o CTCSCP é uma verdadeira usina de realizações, voltada ao atendimento das classes mais necessitadas, principalmente agora na crise que o país atravessa com desemprego em alta.
Na sede do Círculo, são produzidos doces e outros quitutes e confeccionadas roupas, tudo vendido para angariar fundos destinados aos programas sociais.

Congresso Circulista Nacional

logo20011Durante o XXI Congresso Circulista Nacional, realizado no dia 31 de julho, foi eleita a nova diretoria da Confederação Brasileira dos Círculos Operários – CBCO, que ficou assim constituída: Diretoria – presidente – Ari Centenaro, vice-presidente – Paulo Sérgio da Silva, 1º vice-regional – Antônio Rodrigues da S. Fº, 2º vice-regional – Pe. Avelino Kaufmann, 3º vice-regional – Olmazi Henrique da Silva, 4º vice-regional – Nivaldo Antônio dos Santos, 1º tesoureiro – José Maria Silva de Sousa, 2º tesoureiro – Inoilda de Oliveira Pontes, 1ª secretária – Arlete Ignez GattoValandro, 2º secretário – Oséias Caetano de Souza, 1ª formação – Maria de Fátima Pranke, 2º formação – Emmanuel Jéfferson K. C. B. Moreira; Conselheiros Fiscais – Antônio Calixto de Souza, Gilberto Ferreira, Walter de Souza Matos Fº, Deuzani Cândido Noleto, José Faustino Júnior e Paulo Cesar Santos de Oliveira.

A Fetcesp esperava que o novo presidente enviasse seu discurso de posse e se manifestasse sobre seu programa de trabalho, mas infelizmente ficamos frustrados.

 

Círculo Operário Penhense – SP

penhense-informatica0015

Curso de introdução à informática para idosos

Um dos mais tradicionais Círculos de São Paulo, que no passado foi palco das grandes romarias que se realizavam no Dia do Trabalho (1º de maio), está completamente alinhado ao projeto da Fetcesp, dedicando sua atenção preferencial a programas que contemplam a terceira idade. O COP implantou cursos de introdução à informática, utilização plena de tablets e smartphones e redes sociais, o que vai permitir a inclusão dos idosos na era digital.

penhense-danca0014

Dança de salão para Terceira Idade

Diz a presidente do COP, Lidia da Conceição CardonaKloss, que as aulas de informática aos idosos têm tido uma grande procura e que as mesmas alcançam outra finalidade além de proporcionar saber – a aproximação entre associados. Lembra ela: “Um aspecto que favorece o desenvolvimento de novos estudos é a variedade de dispositivos que os alunos trazem para as aulas; isto torna as práticas pedagógicas mais desafiadoras”.

Além da introdução à informática, o COP oferece aos idosos aulas de inglês e espanhol, violão e dança de salão.